- Belung Magazine
Este site usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao usar este site, você concorda com o uso deles. OK, eu concordo Mais informações

FPI: uma doença fatal mas pouco conhecida

Imagine que vê alguém ofegante e a tossir. Além de ficar preocupado com essa pessoa, poderá pensar primeiro em asma ou DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica). Contudo, existem também outras doenças graves que podem causar estes sintomas, como a Fibrose Pulmonar Idiopática (FPI). A FPI é muito menos conhecida do que doenças como a asma, a DPOC ou o cancro do pulmão, mas pode ser tão exasperante e fatal. Neste artigo, analisamos algumas das características mais importantes desta doença relativamente desconhecida.

Fibrose Pulmonar Idiopática: tem um nome complicado, mas, se prestar atenção, faz todo o sentido. Primeiro que tudo, a FPI é uma doença dos pulmões (logo, "pulmonar"). É de causa desconhecida (logo, "idiopática") e resulta na cicatrização (ou "fibrose") do tecido pulmonar. Devido a esta fibrose, torna-se mais difícil ao oxigénio passar dos pulmões para a corrente sanguínea, o que resulta em sintomas como falta de ar e tosse. 

Actualmente, a FPI afecta 14 a 43 pessoas por cada 100 000 habitantes e é observada mais frequentemente em homens do que em mulheres. Além da falta de ar e de uma tosse seca crónica, o hipocratismo digital é um sintoma típico de FPI. O hipocratismo digital é também conhecido como "dedos em baqueta de tambor": as pontas dos dedos ficam mais largas e as unhas começam a curvar, dando a impressão de "baquetas de tambor". Um termo que também é frequentemente mencionado com a FPI é um "som de velcro": trata-se de crepitações que o médico ouve ao auscultar os pulmões de alguém com FPI. As crepitações têm um som semelhante à separação lenta de velcro e pode ouvi-las clicando nesta hiperligação: https://www.youtube.com/watch?v=uCyoQSNAGsg.

4634-boehr-infographic_belung_a4_pt.png

Além da falta de ar e de tosse seca, os sintomas ocasionais de FPI incluem fadiga, fraqueza e perda de peso. Outro aspecto sério da FPI está associado às exacerbações agudas. Estas são definidas como uma aceleração súbita da doença, levando a um declínio significativo na função pulmonar.

Como mencionado anteriormente, muitas pessoas poderão não pensar imediatamente em FPI quando sentem falta de ar ou quando têm uma tosse seca. Na verdade, a FPI é muito difícil de distinguir de outras doenças e 50% dos doentes recebem um diagnóstico incorrecto. Essa é uma das razões pelas quais é importante criar sensibilização em torno da FPI: quanto mais as pessoas souberem sobre esta doença, mais cedo será reconhecida. 

Bibliografia:
Infográfia sobre FPI da Boehringer Ingelheim


disclaimer
PM/OFE-181091_mar2018