- Belung Magazine
Este site usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Ao usar este site, você concorda com o uso deles. OK, eu concordo Mais informações

Simplificar a informação médica para os doentes pulmonares

Sabia que mais de um terço dos doentes pulmonares holandeses não compreende bem as informações médicas online? Este facto alarmante foi revelado por um inquérito recente. Como resultado do inquérito, uma associação holandesa de doentes pulmonares defende um maior apoio prático para as pessoas com baixa literacia em saúde.

couple_visual_belung.png

Literacia em saúde significa capacidade para obter, ler, compreender e utilizar informação sobre cuidados de saúde. Estas são competências muito importantes já que garantem que se pode tomar decisões adequadas em matéria de saúde e seguir as orientações de tratamento. O NIVEL, um instituto de investigação holandês, descobriu agora que muitos doentes pulmonares têm problemas em encontrar e compreender informações médicas online. Além disso, muitos doentes têm dificuldade em determinar se a informação é fidedigna e relevante para o seu caso.

De acordo com Hendrien Witte, directora da Associação de Doentes do Longfonds (Fundo Pulmonar holandês), os doentes pulmonares gostariam de poder controlar a sua própria doença. "As pessoas querem fazer as suas próprias escolhas acerca do tratamento que recebem", afirma Hendrien Witte. "Mas são essenciais bons conhecimentos para fazer boas escolhas. Hoje em dia, não há informação compreensível para os doentes pulmonares". Além da compreensão da informação online, alguns doentes pulmonares também têm dificuldade em compreender as instruções de utilização dos medicamentos, em seguir as ordens dos médicos e em preencher formulários médicos. Como uma parte dos doentes pulmonares holandeses apresenta dificuldades nestas matérias, o Longfonds pretende criar apoio prático para as pessoas com baixa literacia em saúde. Para o efeito, o objectivo consiste em criar materiais informativos personalizados que serão desenvolvidos em conjunto com os doentes nos próximos anos.

Bibliografia:
Longpatiënt kan informatie niet goed inschatten


disclaimer
PM/OFE-181091_mar2018